Um homem foi preso na noite desta terça-feira (13), no Centro de Curitiba, dentro de uma agência bancária no momento em que tentava fazer um empréstimo no valor de R$ 45 mil em nome de outra pessoa. O homem é suspeito de usar nomes de vítimas de pelo menos três funcionários públicos, todos policiais militares (sendo um bombeiro). A ação foi desencadeada pelos policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Curitiba, 14/06/2017. Foto: Divulgação Polícia Civil

Um homem foi preso no município de Parauapebas, no sudeste paraense, acusado de estuprar a própria enteada, uma menina de 11 anos. A prisão foi efetuada na última quarta-feira (11), mas as informações do caso foram divulgadas pela Polícia Civil apenas nesta sexta-feira (13).

O acusado, que trabalha como eletricista, foi preso em casa, quando uma equipe de policiais cumpriu um mandado de prisão preventiva. A garota havia passado por exames periciais que comprovaram o absuso sexual.

Publicidade

O Conselho Tutelar também acompanhou a operação policial e deu apoio à vítima. Ele permanece recolhido, aguardando decisão da

Justiça.

Fonte: Dol

Comentar

Comentar