Sergio A., de 24 anos, mais conhecido como “Bere”, foi preso pela polícia da região de Flora em 15 de junho, por roubo e agressão severa. Foi relatado que ele feriu a cabeça e outras partes do corpo da vitima, além de ter roubado e vendido seu aparelho celular.

A polícia atendeu a uma denúncia de briga na Coesewijnestraat. Chegando lá, a vítima Bernald B.. (26) e o suspeito Sergio A., foram encontrados. Sergio infligiu ferimentos na cabeça de Bernard e em outras partes do corpo. De acordo com a declaração da vítima, Sergio pediu a ele o celular emprestado para gravar música em um estúdio na Lachmanweg. Eles foram ao estúdio no dia 13 de junho. Sergio entrou com o celular de Bernald; enquanto ele esperava do lado de fora. Depois de esperar cerca de três horas, Bernald descobriu que Sergio havia deixado as dependências do estúdio por outra saída.

Em 15 de junho, a vítima encontrou-se com Sergio na Coesewijnestraat e perguntou-lhe sobre seu celular. Sergio então disse à vítima que havia vendido o telefone por 300 dólares surinameses para um homem no mercado central. Sergio então sugeriu que a vítima fosse com ele até o comprador do telefone. Em um ponto, Sergio pegou uma madeira da rua e atacou a vítima, ele usou um objeto afiado para esfaquear Bernald. Espectadores vieram em auxílio da vítima e puderam evitar consequências piores.

Sergio foi preso e transferido para a delegacia de polícia; enquanto Bernald foi encaminhado para o Departamento de Emergência do Hospital Acadêmico para tratamento médico. Após o tratamento, ele foi autorizado a ir para casa. Sergio afirmou que ele havia vendido o aparelho para comprar comida.

Foto: LPM