Os voos do Suriname, países da América do Sul e alguns da Central estão proibidos de descer na Holanda até 1º de maio. A medida foi prorrogada pelo governo holandês devido ao avanço da pandemia no continente. A KLM, por outro lado, informou que vai operar as “repatriações”.

Quem for de nacionalidade holandesa ou residente, no caso, podem retornar para o país e cumprir as medidas, entre elas, quarentena a partir de 15 de maio. A proibição engloba, inclusive, voos de carga e médicos. Confira abaixo a lista de países que estão vetados pelo governo europeu.

Publicidade

Não pode entrar na Holanda os passageiros da: República Dominicana, Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela. África do Sul também está inserida na relação.

 

Comentar

Comentar