O governo do Suriname convocou autoridades do interior do país para tratar da travessia ilegal de pessoas na fronteira leste, sul e oeste, que foram fechadas logo após a confirmação do primeiro caso de Covid-19, em março. A reunião aconteceu no Congresshal e foi comandada pelo presidente Desiré Delano Bouterse.

Veja também:

Publicidade

O chefe de estado ressaltou a importância de manter fechadas as fronteiras para que seja mantido o controle da pandemia no país, que, até agora, só tem dez casos confirmados. O infectologista Stephen Vreden também participou como palestrante, com abordagem sobre proteção.

Na última semana, o governo já havia emitido um comunicado informando que o Ministério da Saúde está autorizado, junto com a segurança pública, a tomar medidas mais rigorosas em casos de incidentes. O governo ainda garantiu que o interior será abastecido de suprimentos.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar