O governo do Suriname anunciou nesta sexta-feira, dia 10, a prorrogação por mais 14 dias das medidas de segurança e prevenção da Covid-19. Desiré Delano Bouterse, em pronunciamento, afirmou ter sido alertado pelas autoridades a manter as ações de combate ao vírus mesmo com as fronteiras fechadas.

Veja também:

Publicidade

“Apesar do fechamento das fronteiras, os indivíduos podem conseguir atravessar fora dos postos de controle. A realidade é que isso dá ao governo uma visão aguda de potencialmente milhares de casos infectados”, enfatizou Danielle Veira, diretora do Serviço de Segurança Nacional.

Durante o fim de semana, o governo realizará consultas de emergência com os virologistas e as agências policiais para ver quais intervenções de emergência são necessárias nas áreas da saúde e segurança. “O sistema de saúde não pode lidar com uma disseminação”, alertou Bouterse.

Outra preocupação do governo é com chegada da Covid-19 no interior do país, o que poderia ajudar na disseminação rapidamente. “Quando os habitantes do interior forem confrontados com o surto do vírus, será tarde demais. Um surto no interior levará a milhares de infecções em pouco tempo”, completou.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar