— Foto: LPM News

O voo que vai trazer repatriados da Holanda para o Suriname deve demorar um pouco mais que o previsto inicialmente. Isso porque o governo ainda atua nos preparativos para receber os passageiros, que deverão ficar em quarentena em virtude da Covid-19, segundo informações de Danielle Veira, da Direção de Segurança Nacional (DNV).

A medida é mais uma ação preventiva do Suriname, uma vez que alguns passageiros, de outros voos de repatriação, descumpriram algumas recomendações do isolamento. A partir deste desembarque da Europa, a Agência de Saúde Pública (BOG) não realizará mais controle por telefone, por exemplo. Tudo será feito presencialmente.

A triagem final, normalmente, acontece no 15º dia de quarentena. Durante os dias do isolamento poderão ser realizadas visitas ou telefonemas das autoridades. Quem testar positivo para a Covid-19 permanecerá sob os cuidados do governo, que também avaliará as últimas pessoas que o paciente manteve contato.

Foto: LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar