Publicidade

Funcionários e ex-servidores do governo e da Assembleia Nacional (DNA), além de grupos consideráveis de “alta renda” não estão aptos a receber o benefício do pagamento líquido único de SRD 300. Ainda de acordo com o presidente Chan Santokhi, apenas pessoas de baixo rendimento estão incluídas na lista.

“O governo tem conseguido abrir espaço para este benefício através de uma política de finanças públicas. A população está sofrendo com a crise financeira e a pandemia de Covid-19. O governo quer acomodar a sociedade e, portanto, aprovou na reunião do conselho governamental um pagamento único de SRD 300 líquido”, disse.

Publicidade

A comunidade vai receber o benefício em novembro e dezembro deste ano. “Existe uma enorme pobreza na sociedade. O governo quer oportunidades iguais para todos os seus cidadãos para que todos tenham a oportunidade de se desenvolver. Para conseguir isso, ela terá que lutar contra a pobreza na sociedade”, concluiu.

Comentar

Comentar