Na terça-feira (22), o ministro Steven Mac Andrew concedeu um certificado a 16 pessoas que concluíram com êxito o curso de Formas Básicas de Trabalho Têxtil da Fundação de Mobilização e Desenvolvimento do Trabalho (SAO). 

O projeto visa a política do mercado de trabalho de médio prazo, recentemente adotada, que coloca as mulheres e os jovens como grupos-alvo prioritários. O enfoque incidiu sobretudo nas mães adolescentes e mulheres carentes.

Mac Andrew, no seu discurso, voltou a realçar que a formação profissional é a chave do sucesso para proporcionar aos candidatos a emprego e a outros indivíduos, especialmente os jovens, melhores oportunidades no mercado de trabalho. Neste contexto, o ministro sublinhou ainda a necessidade e importância da Fundação de Mobilização e Desenvolvimento Laboral (SAO) como instituto responsável pela formação profissional. 

O ministro incentivou os alunos aprovados a se desenvolverem mais e disse que o ministério buscará recursos para capacitá-los a seguir um curso avançado de Formas de Trabalho Têxtil. O ministro indicou estar ciente de que muitas vezes os jovens precisam de ajuda e encorajamento nesse sentido e agradeceu à instrutora, Gangadien, à diretora do SAO, Lapar e à Diretora Adjunta de Assuntos Juvenis Nacionais, Madhoeri Moenesar, pelo trabalho realizado.

 

Comentar

Comentar