O Fundo Monetário Internacional disse nesta quarta-feira (23) que concluiu a primeira revisão de seu programa com o Suriname, permitindo um desembolso de cerca de 55 milhões de dólares.

“O programa de recuperação das autoridades está no caminho certo, apesar das difíceis condições sociais e econômicas”, disse em comunicado Kenji Okamura, vice-diretor administrativo do FMI.

Publicidade

“A economia está mostrando sinais de uma recuperação nascente, apoiada em reformas abrangentes para lidar com os desequilíbrios fiscais e externos sistêmicos”. Ele disse que o alívio esperado das negociações em andamento com credores privados e oficiais é fundamental para restaurar a sustentabilidade da dívida.

O FMI aprovou o programa de três anos de US$ 688 milhões do Extended Fund Facility (EFF) do Suriname em 22 de dezembro, disponibilizando cerca de US$ 55 milhões imediatamente.

O programa visa apoiar o plano de recuperação do Suriname para restaurar a sustentabilidade fiscal, construir programas de rede de segurança social, reduzir a dívida a níveis sustentáveis, estabilizar o sistema financeiro e fortalecer instituições para combater a corrupção e a lavagem de dinheiro.

Comentar

Comentar