Mais uma vez estudantes de medicina são alvo de polêmica no México. Depois dos estagiários que cortaram acidentalmente o pênis de um recém-nascido, uma jovem foi muito criticada ao posta uma selfie com uma paciente doente.

Maria Jose Gonzalez estava dando plantão quando viu uma senhora agonizando. Entrou no quarto e não pensou duas vezes: tirou uma selfie e mandou para uma amiga no WhatsApp. Na legenda, deixou claro seu objetivo.

“Fui atender uma chamada e uma senhora estava morrendo. Em seguida, postei e tirei essa selfie”, escreveu ela para a amiga. A questão é que, é claro, em pouco tempo a imagem viralizou — uma vez que a outra garota a passou para mais pessoas.

Logo que a imagem se espalhou e criou a polêmica, Maria fez sua defesa em rede social. Afirmou que se trata de um caso antigo e que a paciente — que sobreviveu — permitiu a foto, mesmo estando agonizando. Segundo a estudante, era seu primeiro dia de prática e ela queria um registro.

Por outro lado, a Universidade do Vale do México, onde a estudante trabalha, disse que esse tipo de atitude “não reflete as opiniões e valores da instituição”. Agora, o caso será entregue para o Comitê de Honra e Justiça da Universidade.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Yahoo

Comentar

Comentar