Delegação americana. Foto volkscommunicatie
Publicidade

Depois de Mike Pompeo, secretário de estado americano, outra comitiva dos EUA desembarcou no Suriname na última terça-feira, dia 12, e reuniu com o presidente Chan Santokhi e o ministro Albert Ramdin, de Relações Exteriores, Negócios Internacionais e Cooperação Internacional.

A delegação americana, composta por representantes de cinco agências diferentes, incluindo a Development Finance Corporation, trabalha para estreitar as relações econômicas com o Suriname. Existe a expectativa de que o governo dos Estados Unidos oferte benefícios de crédito á Chan Santokhi.

Publicidade

“Serão destinadas tanto ao Fundo de Crédito Agrícola quanto a pequenas e médias empresas. Essas facilidades oferecem a oportunidade de conceder empréstimos a pequenas empresas, principalmente no setor agrícola, para maior desenvolvimento econômico e criação de empregos”, afirmou Santokhi.

O alívio da dívida também foi discutido. Para o Suriname é possível encontrar o apoio das autoridades americanas para o programa de reorganização. Na próxima semana, serão realizadas conversas com a embaixadora norte-americana para acertar os detalhes dos acordos.

Comentar

Comentar