spot_img
spot_img

Estado Islâmico faz “desfile da vitória” após tomada de Ramadi, cidade próxima de Bagdá

Atualizado há

Milhares de pessoas abandonaram suas casas para fugir do grupo nos últimos dias.

Membros do grupo terrorista EI (Estado Islâmico) realizaram um “desfile da vitória” depois de tomar a cidade iraquiana de Ramadi. Corpos mutilados foram deixados pelas ruas da cidade, que servirá de caminho para que os extremistas cheguem a capital Bagdá.

Segundo informações do jornal britânico Daily Mail, cerca de 500 pessoas foram mortas e outras 25 mil precisaram deixar suas casas para fugir do grupo nos últimos dias.

O próprio EI divulgou imagens dos militantes comemorando a tomada da cidade. Em uma das imagens é possível ver uma criança segurando armamento pesado. Em outra, uma frota de veículos cheios de combatentes desfila pelas ruas de Ramadi.

A ONU e outras agências humanitárias começaram a distribuir alimentos, água e suprimentos médicos, além de estabelecer acampamentos temporários. No entanto, os recursos para as operações de ajuda no Iraque estavam se esgotando, segundo o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários no Iraque.

“Nada é mais importante agora do que ajudar as pessoas que fogem de Ramadi. Elas estão em apuros e precisamos fazer todo o possível para ajudá-las”, disse a coordenadora humanitária da ONU no Iraque, Lise Grande.

— Milhares de pessoas tiveram que dormir ao relento, porque não têm lugar para ficar. Poderíamos fazer muito mais se tivéssemos o financiamento.

Agências da ONU e outras organizações de ajuda estão dando assistência a mais de 2,5 milhões de pessoas deslocadas e refugiadas no Iraque, mas os recursos estão quase acabando e 56 programas de saúde terão de fechar em junho, acrescentou o comunicado.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App