A Autoridade de Energia do Suriname (EAS), a Câmara de Energia do Suriname (SEC) e o Centro Caribenho de Energia Renovável e Eficiência Energética (CCREEE) organizam o Fórum Regional do Suriname de Energia Renovável. O evento também faz parte do mês da energia da Caricom. Durante a coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (28), representantes dos organizadores discutiram a importância das energias renováveis.

Novembro foi declarado como “o mês da energia” na região do Caricom para aumentar a conscientização sobre o consumo de energia e incentivar ações de economia de energia. Segundo Dave Abeleven, diretor do EAS, o objetivo deste fórum é colocar as energias renováveis ​​em primeiro plano. “Muita atenção foi dada ao petróleo e ao gás nos últimos meses, mas ao mesmo tempo, mais atenção foi solicitada em todo o mundo para se afastar dele.” O Suriname também se comprometeu com a COP27. “Não é necessariamente uma escolha por petróleo e gás ou energia renovável, porque petróleo e gás permanecerão nos próximos anos, mas precisamos dar mais atenção às energias renováveis ​​em nosso setor de energia”, diz Abeleven.

Também participarão universidades da região, com destaque para a Universidade Anton de Kom do Suriname (AdeKUS). A AdeKUS, em particular a Faculdade de Ciências Tecnológicas, vai proporcionar diversas sessões, inclusive sobre o seu parque de energia solar que será instalado no campus. O Fórum Regional e Suriname de Energia Renovável será realizado no salão de Torarica nos dias 29 e 30 de novembro e 1º de dezembro de 2022.

 

Comentar

Comentar