Ronnie Brunswijk — Foto: Luiz Paulo

O vice-presidente do Suriname Ronnie Brunswijk anunciou que o governo vai atuar com rigidez no combate aos crimes no país. Segundo ele, uma ordem expressa foi dada ao ministro da Justiça e Polícia (JusPol), Kenneth Amoksi, que incluíra até o Exército Nacional na operação.

  • Atentado termina em morte no Suriname

    Publicidade

“Já instruí o ministro da JusPol, Kenneth Amoksi, a agir com severidade. A polícia trabalhará com o Exército Nacional para combater a brutalização do crime e mais patrulhas de ambas as unidades podem ser esperadas”, reiterou Brunswijk, em coletiva.

Sobre a situação econômica da população, o vice-presidente afirmou que o governo está preocupado. “Temos olhos e ouvidos para as necessidades do povo, mas essa situação exige paciência para resolver o problema da pobreza”, considerou Ronnie Brunswijk.

As violações no cumprimento das medidas da Covid-19 também foram mencionadas. O governo afirma que existem várias ilegalidades, incluindo a realização de festas clandestinas. No interior, uma comitiva está empenhando e deslocado para sanar as questões das enchentes.

Comentar

Comentar