Fly Allways — Foto: Luiz Paulo

Cuba deu luz verde para a empresa do Suriname, Fly All Ways Airline, fazer uma rota sem escalas entre Georgetown e Havana, de acordo com um comunicado divulgado pela Embaixada da Guiana em Cuba.

Ele disse que o novo acordo permitirá que a Fly All Ways opere um voo semanal aos sábados entre os dois países. A Autoridade de Aviação Civil da Guiana (GCAA) já havia permitido a Fly All Ways percorrer a rota e restava à Autoridade de Aviação Civil Cubana emitir a permissão e os protocolos para o novo arranjo.

Publicidade

O comunicado disse que o embaixador da Guiana em Cuba, Halim Majeed, deve se reunir com as autoridades cubanas e Hoebal Ravind, representante da Fly All Ways atualmente em Cuba, para ajudar no novo acordo.

“O embaixador Majeed entrou em contato com Amichand Jhauw, presidente/proprietário da Fly All Ways, que está entusiasmado com esta conquista, pois estabelece as bases para a abertura de mais oportunidades de negócios entre e entre empresários do Suriname, Guiana e Cuba”. o lançamento anotado.

Ele disse que o voo inaugural do Aeroporto Internacional Cheddi Jagan para o Aeroporto Internacional José Martí deve ocorrer em 16 de julho.

Comentar

Comentar