Os embaixadores da República da Guiana e da República Popular Democrática da Argélia compareceram ao palácio presidencial na quarta-feira (23).

Ambos os enviados discutiram a relação entre seu país e o Suriname e pontos de interesse relacionados com o chefe de Estado do país. O Presidente Santokhi enfatizou a importância de trabalhar em conjunto na segurança alimentar e energética, no acesso ao financiamento climático e na manutenção da paz e da segurança. O presidente também sublinhou o papel estratégico do Suriname como presidente da CARICOM e para lidar conjuntamente com questões regionais nessa base.

Na conversa com o embaixador argelino, Hedjazi, o chefe de Estado do Suriname referiu-se ao Fórum Afri-Caribenho de Comércio e Investimento 2022 – no início deste ano em Barbados – que visava promover o comércio econômico e as oportunidades de investimento entre a África e o Caribe. O diplomata argelino, radicado na Venezuela, indicou que a relação com o Suriname é muito antiga. “Essa cooperação está se manifestando dentro das Nações Unidas, principalmente na mudança climática”, disse Hadjazi

Comentar

Comentar