Laudemar e Santokhi

O embaixador do Brasil no Suriname, Laudemar Aguiar, foi condecorado nesta sexta-feira, dia 5, com a faixa da Ordem Honorária, pelos relevantes serviços prestados. A cerimônia aconteceu no Palácio Presidencial e foi conduzida pelo chefe de estado do país, Chan Santokhi.

“Em virtude da boa cooperação ocorrida durante sua gestão e seu compromisso especial. O embaixador tem contribuído para intensificar os laços entre o Itamaraty e a Embaixada do Brasil, com bons e tangíveis resultados. Estamos aqui para nos despedir de um grande amigo do Suriname”, disse.

Publicidade

Em seu discurso de agradecimento, Laudemar destacou o trabalho desenvolvido ao longo dos anos. “É uma honra especial para mim receber um prêmio do presidente Santokhi por minha missão aqui na República do Suriname. Isso confirma o valor que o país atribui às relações bilaterais”, reiterou.

“Vou deixar o Suriname, mas vou levar o Suriname comigo em meu coração e em minha mente. Quando me aposentar, desejo passar minha vida entre o Suriname e o Brasil. Espero, então, ser elegível para um visto permanente”, completou Laudemar Aguiar.

Relação bilateral

Em 2020, o Suriname teve o maior número de projetos de cooperação técnica com o Brasil. Esta parceria se concentra principalmente no setor agrícola, oportunidades culturais e educacionais e saúde pública, o que acabou intensificado durante a pandemia.

Comentar

Comentar