Polícia registrou 400 tentativas na noite de sábado. Tráfego no Canal da Mancha foi bloqueado por quatro horas.

Quase 400 tentativas de invasão no terminal do Eurotúnel de Calais (norte da França) por parte de migrantes que desejam entrar na Grã-Bretanha obrigaram no sábado (1º) um bloqueio do tráfego durante cinco horas no túnel do Canal de Mancha, informaram fontes policiais.

Publicidade

O túnel sob o Canal da Mancha, administrado pelo grupo Eurotunnel, se tornou há várias semanas o caminho escolhido por centenas de migrantes para tentar chegar ao Reino Unido, considerado o melhor local na Europa para os imigrantes que buscam trabalho ou que estão em fuga de uma guerra.

A numerosa presença dos migrantes obrigou o fechamento do tráfego das 21h30 às 2h30 GMT (18h30 e 23h30 de Brasília), “por segurança para os clientes e para os migrantes”, afirmou uma fonte policial.

Na manhã deste domingo, atrasos de meia hora eram registrados no terminal de embarque inglês de Folkestone, ao contrário do lado francês, onde os embarques estavam dentro do horário programado.

A solução do problema dos migrantes que tentam entrar na Grã-Bretanha a partir de Calais é uma “prioridade absoluta” para Paris e Londres, afirmam em uma declaração conjunta os ministros do Interior da França e da Grã-Bretanha em um comunicado que será divulgado neste domingo.

“As coisas estão claras: acabar com esta situação é uma prioridade absoluta. Nossos governos estão decididos a conseguir isto juntos”, afirmam Bernard Cazeneuve e Theresa May na nota.

O governo britânico pretende ampliar em 10 milhões de euros a ajuda para reforçar a segurança no terminal do Eurotúnel em Coquelles.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: G1

 

Comentar

Comentar