Assembleia Nacional do Suriname (DNA) — Foto: Luiz Paulo

Em caráter excepcional, a Assembleia Nacional do Suriname (DNA) deferiu no último dia 10 de julho, com base na Lei de Condição Extraordinária, as medidas mais rigorosas de combate à pandemia da Covid-19, que foram anunciadas pelo presidente Chan Santokhi no começo da semana passada.

Todas as ações são válidas, inicialmente, por 30 dias, ou seja, até 10 de agosto. Entre as medidas está o toque de recolher começando 21h e seguindo até 5h da manhã e a impossibilidade de realização de reuniões, na esfera pública ou privada, com mais de cinco pessoas.

Comentar

Comentar