O presidente Bouterse que aceitou falar sobre o ocorrido em dezembro de 1982 será entrevistado por Dew Baboeram (SandewHira).

Esta entrevista foi anunciada meses atrás e está cercada de expectativas, pois será a primeira vez que o presidente Desi Bouterse falará publicamente sobre este assunto.

Publicidade

Em 8 de dezembro de 1982,  15 pessoas proeminentes foram mortas na comunidade, incluindo o advogado John Baboeram; irmão de Sandew Hira.

SandewHira, Entrevista Desi Bouterse2Hira desejava há muito tempo realizar esta entrevista com Bouterse para saber por que seu irmão e outras 14 pessoas foram mortas, quem os matou e qual foi a razão para estas mortes.

Bouterse concordou em ceder a entrevista que ficará registrada na história do Suriname. Esta entrevista também será um passo inicial que irá impedir que outras páginas escuras da história do Suriname como a Guerra Pátria e o Massacre Moiwana fiquem esquecidas.

Uma das perguntas que Hira fará ao presidente Bouterse será sobre  o golpe de Estado de 25 de fevereiro de 1980 e o papel que as forças externas desempenharam neste acontecimento.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar