spot_img
spot_img

Depois da Venezuela, Suriname vai exportar arroz para o Brasil

Atualizado há

Suriname pode em breve exportar cinquenta mil toneladas de arroz para o Brasil. Afirmou o  ministro Winston Lackin do Ministério das Relações Exteriores, na  segunda-feira, 30 de março.

O acordo é visto como um mercado importante para os agricultores de arroz de Nickerie, que se sentem prejudicados com o baixo preço de compra para o arroz com casca.

Os compradores, processadores e exportadores oferecem um valor muito baixo para os produtores. E mesmo após a oportunidade de exportação que o governo criou recentemente para a Venezuela, não houve mudança. O arroz “Paddy” poderia ser exportado, mas a queixa dos agricultores continua.

O governo vê as oportunidades de exportação expandidas como um sucesso. “Um monte de pessoas tinham expectativas de que não iria funcionar, mas o setor agrícola do Suriname é forte.  “, disse Lackin.

O Ministério das Relações Exteriores, portanto, vai ajudar com mais emprego para este mercado visando estimular a produção.  “Nós estamos indo para o Brasil na próxima semana para cumprir as formalidades. O mercado já está garantido “, disse Lackin.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App