Ação aconteceu em parceria com a Fundação Staatsolie.

Depois de ampla reforma, o Departamento de Radiologia do Centro de Tratamento Médico Diagnóstico do Hospital Acadêmico Paramaribo (AZP) foi aberto novamente na última segunda-feira, dia 24. A unidade atende, anualmente, cerca de 100 mil pessoas, ou seja, 250 ao dia.

A reforma só foi possível com o apoio da Fundação Staatsolie. De acordo com a diretora do hospital, Claudia Marica-Redan, “o AZP está caminhando para o status de um hospital certificado. O departamento de Radiologia já possui certificação ISO Health”, adiantou.

Publicidade

Marica-Redan explica que o hospital é atualmente o centro de referência para todo o Suriname, o que significa casos especiais no campo do diagnóstico. “As pessoas procuram em virtude de fraturas ou porque precisam tirar uma foto, fazer ultrassons, fazer uma biópsia ou fazer uma mamografia”, disse.

Intervenções radiológicas e o departamento de tomografia computadorizada também fazem parte do complexo. “O departamento de radiologia está em ascensão. O hospital não quer ficar para trás em tecnologia porque o diagnóstico também é muito importante para determinar a doença”.

Ainda de acordo com Marica, “o hospital tem quatro radiologistas assistidos por uma equipe de técnicos de laboratório e também há equipamentos médicos de alta tecnologia internamente. Além disso, dispõe de uma sala de espera refrigerada para pacientes com cantinho infantil”.

Por fim, o diretor completou: “Trabalhamos totalmente digitalizados para que o paciente não precise esperar pela papelada. Isso reduz o tempo de espera para cerca de meia hora. Tudo o que foi gravado digitalmente é enviado ao médico assistente. O departamento de Radiologia está aberto das 7h às 21h”, concluiu.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar