Foto: Reprodução

Em uma tentativa de garantir o livre fluxo de pessoas, bens e serviços, autoridades da Guiana e do Suriname intensificaram as discussões para uma mudança nos protocolos de fronteira entre os dois países vizinhos.

Essa mudança provavelmente seria uma redução no número de verificações alfandegárias e de imigração a serem realizadas ao viajar entre os dois territórios. Atualmente, o principal meio de transporte é o Canawaima Ferry Service, que opera uma viagem de 30 minutos entre Moleson Creek, Guiana e South Drain, Suriname, uma vez por dia.

Publicidade

Mas os dois governos fizeram progressos significativos na ponte do rio Corentyne, embora a construção ainda não tenha começado. A recente formação de um Conselho Empresarial Conjunto entre os dois órgãos do setor privado – a Comissão do Setor Privado da Guiana e a Associação Empresarial do Suriname (Vereniging Surinaams Bedrijfsleven – VSB) – resultou na intensificação dessas discussões.

O presidente do PSC, Paul Cheong, disse na segunda-feira que mudanças terão que ser feitas para melhorar as relações comerciais entre os dois países, removendo as barreiras existentes, mesmo que os dois lados procurem compartilhar oportunidades de treinamento e dados de pesquisa.

Comentar

Comentar