Parceria diplomática entre os dois países completa 40 anos.

PUBLICIDADE

O presidente Desiré Delano Bouterse recebeu um convite do presidente cubano para uma visita oficial a Cuba. Também existem convites em nível ministerial. A ministra das Relações Exteriores, Yldiz Pollack-Beighle, diz que em breve questões técnicas relacionadas ao setor médico e à agricultura, especialmente as exportações de arroz, serão discutidas com os cubanos.

Yldiz Pollack-Beighle – Ministra das Relações Exteriores do Suriname

Yldiz Pollack-Beighle analisa a relação com Cuba de um ponto de vista bilateral, regional e multilateral. Este ano, os dois países comemoraram 40 anos de relações diplomáticas. “Enquanto antes havia apenas cooperação no campo da educação, agora também acontece no nível da saúde pública, esportes, jogos e cultura”, destaca a ministra surinamesa.

No âmbito da Caricom, o Suriname conseguiu assinar um protocolo comercial com Cuba, que foi ratificado pelo parlamento. Isso possibilita, segundo a ministra, “que nosso país também possa negociar com os cubanos”. A cooperação é particularmente possível no campo do turismo. Beighle diz que houve um fluxo maior de comércio e turismo nos últimos dois anos.

Multilateralmente, o Suriname, disse Beighle, já se manifestou contra o bloqueio comercial contra Cuba. Além disso, ambos os países têm aproximadamente as mesmas posições em relação à política externa quando se trata de não interferência nos assuntos internos dos Estados, reconhecendo a soberania e a autodeterminação dos países e respeitando os povos.

Regionalmente, o Suriname se reúne regularmente com Caricom e Cuba e também há contatos no contexto do Celac. No Caricom, foi feita uma declaração no nível dos Chefes de Estado no ano passado, na qual dez pontos trabalham juntos. A relação com Cuba é muito frutífera, que progride e oferece espaço para maior desenvolvimento e aprofundamento.

Foto: Arquivo LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui