A Cruz Vermelha do Suriname convoca os surinameses para ajudar as vitimas do terremoto no Nepal. Toda doação, ainda que pequena, é bem-vinda.

As muitas vítimas dos terremotos no Nepal precisam de ajuda urgente. Para ajudar a aliviar o grande sofrimento dos nepaleses, a Cruz Vermelha do Suriname está organizando um fundo de ajuda financeira para enviar ao Nepal. Desta forma, o Suriname e o mundo podem mostrar a sua solidariedade e apoio as centenas de milhares de nepaleses em necessidade.

Pelos meios de comunicação os surinameses acompanharam os graves danos causados pelos terremotos de 25 de Abril e 12 de maio no Nepal. Mais de oito milhões de nepaleses sofreram as graves consequências desta catástrofe natural.Mais de oito mil pessoas morreram e cerca de 840 mil casas foram destruídas ou gravemente danificadas. Centenas de pessoas estão desabrigadas e novecentos unidades de saúde foram totalmente  arrastadas no terremoto.

Com a chegada da estação chuvosa a situação de urgência dos sobreviventes se tornará ainda pior. Os habitantes de vilarejos remotos nas montanhas e zonas montanhosas ficarão extremamente vulneráveis ​​aos efeitos das fortes chuvas, inundações e possíveis deslizamentos de terra. Portanto, a Cruz Vermelha do Suriname convoca a todos os cidadãos surinameses para ajudar. Cada doação, ainda que pequena, é bem-vinda.

Como fazer sua doação em dinheiro:

Dinheiro
Na sexta-feira, 29 maio das 08:00 as 18:00 horas as escolas, empresas, clubes desportivos,  partidos políticos, organizações e indivíduos são bem-vindos para trazer sua doação para a Cruz Vermelha do Suriname na rua Gravenberchstraat.

Pelo banco
Você também pode fazer uma doação para uma das contas bancárias do Fundo Humanitário nos seguintes bancos, citando “ajuda Nepal“: NV Hakrinbank SRD 26.616.08.67 20.588.57.79 EUR USD 20.691.53.88 DSB Bank NV SRD 50,61.121 RBC Royal Bank (Suriname) NV SRD 794 587 417.

No portal de noticias LPM NEWS fica sempre bem informado sobre tudo o que acontece no Suriname, no Brasil e no mundo.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar