Cobra piton. Imagem: REUTERS/Amir Cohen
Publicidade

Inbar, 8 anos, costuma brincar na piscina com sua cobra píton de 3,3 metros. A garota israelense, convive com vários animais de estimação, no santuário de animais, onde vive, em uma comunidade ao sul de Israel.

A serpente, chamada Belle, em alusão à princesa da Disney, da animação “A Bela e a Fera” (1991), que usa um vestido de baile amarela em uma cena no filme, tem sido uma boa companheira da garota, durante a pandemia.

Publicidade

“Isso me ajuda a passar o tempo, porque eu realmente gosto de sair com cobras e, às vezes, as ajudo a trocarem (de pele) e as ajudo a serem felizes durante o coronavirus.

A mãe de menina, Sarit Regev, afirma que as duas cresceram juntas. “Quando a Inbar era pequena ela nadou dentro da banheira com a cobra, agora ela cresceu e a cobra ficou maior, então elas nadam juntas na piscina. É muito natural para nós.”

“Há pessoas que dizem: ‘Você é louca, como pode fazer isso, você não ama seus filhos”, comentou Sarit. “É adorável viver assim”. “Quando uma criança cresce com os animais, ela se torna uma pessoa que ama outras pessoas, ela se torna uma pessoa que se preocupa com os outros e não apenas consigo mesma”, finalizou.

Comentar

Comentar