Durante um pronunciamento nesta quinta-feira, dia 1º, o presidente Chan Santokhi anunciou a suspensão dos voos comerciais entre o Suriname e a Holanda. Segundo ele, o motivo foi o aumento consideravel no número de casos da Covid-19 no país europeu nas últimas semanas.

No último sábado, o governo tinha aberto o espaço aéreo para voos comerciais entre os dois países. SLM e KLM haviam sido autorizadas a operar uma vez por semana, o que acabou não acontecendo. “Esperemos que o declínio continue aqui e que haja mais normalização e liberdade”, disse o presidente.

Publicidade

Ainda segundo o presidente, os voos de repatriação seguem mantidos, porém, serão adotadas as medidas rígidas de segurança e combate a doença. “O Suriname fará apenas voos de repatriação. Tudo isso sob as condições severas e controle rígido”, reiterou Chan Santokhi.

Comentar

Comentar