O comitê que gerência a crise da Covid-19 no Suriname divulgou os dados detalhados dos casos confirmados no país. Dos dez pacientes testados positivos, 60% foram classificados como “moderados”, três seguem fazendo tratamento e quarentena, e uma morte foi confirmada pelas autoridades no último dia 3 de abril.

Errata: O LPM News errou ao usar o termo “curado”. O correto é “moderado”. A informação foi atualizada às 00h08.

Publicidade

Do montante de infectados, seis são mulheres, sendo que três têm entre 16 e 49 anos, duas entre 50 e 65, e uma possui 65 ou mais. O restante, incluindo o óbito, é do sexo masculino, com faixa etária entre 50 e 65 anos, ou seja, no Suriname, a maioria dos casos pertence ao grupo de risco pelo fator idade.

A origem das contaminações também foi divulgada no relatório do governo. A primeira confirmação foi de uma mulher que desembarcou da Holanda. Ela manteve contato com outras cinco pessoas, que também testaram positivas posteriormente. Mais dois casos foram importados, com repasse do vírus para terceiros, totalizando dez pacientes com a Covid-19.

Apenas um caso ainda é investigado pelas autoridades do Suriname para saber a origem, porém, o país tem situação controlada acerca do Covid-19, sobretudo, após as medidas do governo, entre elas, o fechamento das fronteiras, do aeroporto internacional, além do toque de recolher diário.

Foto: Arquivo LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar