spot_img
spot_img

Companhias de seguro de saúde do Suriname poderão ajustar índices de preço

Atualizado há

Desde a introdução do seguro geral de saúde básico do governo, alguns medicamentos que antes eram gratuitos, agora passaram a  ser cobrados.

Este é o caso da Self Reliance, a companhia de seguros que trabalha para o governo. De acordo com o presidente da Associação dos Farmacêuticos (VAS Vereniging van Apothekers), Irvin Jong A Liem, um efeito dominó deve ser esperado. “A Self Reliance tem uma lista curta de medicamentos que são gratuitos e com isso alguns medicamentos mudaram “, admite Jong A Liem.

“Alguns medicamentos foram removidos da lista e vários outros foram adicionados por conta do segurado”. O resultado pode ser que as pessoas que antes não pagavam pelos medicamentos tenham que pagar agora “, disse Jong A Liem. Segundo Liem, é provável que outras companhias de seguro também tenham que ajustar seus índices de planos de saúde. Alguns pacientes foram desagradavelmente surpreendidos pelas mudanças.

Miriam Naarendorp, diretora geral Pharmaceutical de Inspecção do Ministério da Saúde, respondeu às perguntas do jornal De Ware Tijd, e disse que a maioria das companhias de seguros ainda usa a lista antiga do governo “. Algumas empresas até aumentaram a lista para acomodar seus clientes de forma mais eficaz. As empresas não são obrigadas a aderir à proposta do governo e de acordo com ela, eles estão dentro do seu direito de fazer alterações na sua própria lista de medicamentos.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App