O consumidor já está pagando mais caro pelo combustível no Suriname.

Esta informação foi confirmada pela ministra do Comércio e Indústria, Sieglien Burleson.

Durante este fim de semana e nos próximos dias, a ministra vai manter diálogo com os representantes das distribuidoras e empresas petrolíferas para encontrar um preço que seja justo para todas as partes.

Segundo o acordo feito entre o governo, as distribuidoras e os postos de combustível, os novos preços só entrariam em vigor após o fim do estoque antigo. Esta elevação no preço dos combustíveis e consequentemente também no preço de produtos e serviços deve-se diretamente ao ajuste da taxa de câmbio.

Por enquanto a ministra aconselha os consumidores a economizar combustível como melhor solução neste momento antes da apresentação de um pacote de medidas que está sendo estudado pelo governo para amenizar o impacto do ajuste da taxa de cambio sobre a economia.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar