Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) está inserido no Seminário Internacional de Transferência de Conhecimento sobre Práticas de Intervenção com Autores de Violência Doméstica, realizado em Caiena, na Guiana Francesa, nesta quinta e sexta-feiras (17 e 18/11). Participam do evento juristas de países como Guiana Francesa, França, Bélgica, Canadá, Holanda e Suriname. Representante brasileira e do TJCE, a juíza Teresa Germana Lopes de Azevedo, titular do 2º Juizado de Violência Doméstica e Familiar de Fortaleza, apresentou palestra sobre a Lei Maria da Penha.

O seminário, que tecomo objetivo realizar reflexões e desenvolver pesquisas sobre as práticas atuais relacionadas ao tema central, acontece de forma híbrida (presencial e virtual), sendo o público composto de estudantes e magistrados, advogados, psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais, professores, policiais, entre outros profissionais.

Segundo a magistrada, a troca de experiências entre os participantes de várias nações é uma oportunidade ímpar. A juíza esteve em uma mesa, na manhã desta quinta-feira, sobre o sistema judicial no Brasil e na Guiana Francesa e pôde dividir suas vivências e práticas locais. Explicar a Lei Maria da Penha em francês ajuda a transpor as fronteiras sobre o debate mundial relativo à necessidade de repressão à violência doméstica e familiar contra a mulher no Brasil”, destaca.

Comentar

Comentar