Com o bloqueio total em vigor até dia 18 de junho, os bancos no Suriname também só vão funcionar três dias na semana, as segundas, quartas e sextas, a exemplo do que está acontecendo com os demais serviços essenciais. A medida visa proteger funcionários e clientes.

Segundo a Surinamese Bankers Association (SBV), a medida se aplica, sobretudo, porque as instituições financeiras dispõem de atendimentos e serviços digitais. O tráfego local de pagamentos interbancários e internacionais está progredindo normalmente diariamente, disse a SBV.

Publicidade

Eles também indicam que todos os caixas eletrônicos são reabastecidos de ininterrupta durante este período. Os cidadãos são aconselhados a pagar o máximo possível de suas despesas e contas por meio de cartões de débito para evitar uso do papel.

 

Comentar

Comentar