A China manifestou desejo  de construir conexões de trem expresso a partir do Suriname que se conectem com os países vizinhos.

“Por causa das futuras conexões de trem (de norte a sul e de leste a oeste) o Suriname estará totalmente incluído no desenvolvimento da América do Sul, disse o professor Jiang Shixue, diretor do Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade de Xangai.

Publicidade

Segundo o professor, os trens farão ligações entre o Suriname, a Guiana Francesa, a Guiana Inglesa, o Brasil e a Venezuela e também em direção ao resto da América Central. Shixue falou na semana passada em um seminário sobre a relação entre a China, a América Latina e o Caribe. Este projeto mega-infraestrutural levará a criação de empregos, negócios para fornecedores e integração regional.

“Em si uma boa intenção”, disse, Winston Ramautarsing, presidente da Associação de Economistas do Suriname, mas o economista observa que o Suriname atualmente não tem espaço para fechar os grandes empréstimos que serão necessários para realizar esse projeto, e o que precisamos agora é limpar o orçamento do governo é como prioridade para o país, considero o aumento de nossa produtividade imediatamente.

Foto: Youtube

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar