— Foto: Luiz Paulo

Em discurso durante a reunião pública extraordinária, Marinus Bee, presidente da Assembleia Nacional (DNA), falou sobre “unidade” ao mencionar os 45 anos de Independência do Suriname. A programação do Srefidensi contou com vários eventos, incluindo a participação de autoridades estrangeiras.

“Celebramos a nossa independência, o nosso Srefidensi. Não há palavra melhor para independência. Sob uma única bandeira, a bandeira do Suriname, celebramos nossa unidade. Unidade como povo, como nação. Unidade na governança e unidade na política. Unidade nas metas que traçamos e queremos alcançar juntos”, disse.

Publicidade

Ainda segundo Bee, “essa unidade vai garantir que a bandeira do Suriname se torne cada vez mais conhecida no mundo. O desafio é permitir que a unidade, aliada à ideia de fraternidade, formem a base para o crescimento e desenvolvimento sustentável do país”, afirmou o presidente do parlamento.

Marinus Bee também enalteceu a força da nação em sua diversidade. “Esse poder é incomparável e excêntrico; uma qualidade que nós, como povo, possuímos e devemos valorizar e explorar tanto quanto possível. Queremos fazer a diferença, todos devem ser aceitos como iguais”, concluiu.

Comentar

Comentar