O caminhão que transportava quase 20 mil quilos de frango foi interceptado a caminho de Georgetown.

Segundo fontes da Guiana Inglesa, a apreensão da carga na quinta-feira (4) ocorreu por falha na documentação de importação.

Publicidade

Do lado surinamês, foi informado que a carne estava sendo transportado de forma legal com todos os carimbos alfandegários em ordem e não há falhas na documentação e nem no produto. Vários meios de comunicação guianenses relataram que a apreensão da carga vai resultar na demissão de funcionários da alfândega em Berbice.

Um oficial de polícia sênior que serviu por muito tempo em Nickerie disse que se do lado surinamês a carga foi liberada para seguir viagem então é necessário que se investigue a fundo a suposta falha encontrada pelas autoridades da Guiana Inglesa. Ao contrário do Suriname, o país vizinho importa uma grande quantidade de frango fracionado e é a primeira vez que se tem notícia da interceptação de uma carga de frango do Suriname para a Guiana Inglesa.

O setor alfandegário do Suriname informou que não pode fazer nada, uma vez que os documentos estão em ordem, no entanto, a partir de informações que ainda precisam ser confirmadas, a carga teria estragado devido o número de dias que ficou retida.

As autoridades dos dois países vizinhos estão avaliando a situação para saber exatamente o que aconteceu e qual dos dois lado será responsabilizado pelo prejuízo sofrido.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar