Casal fez fotos quentes para estampar capas de duas revistas e comentou traição.

Bruno Gagliasso falou de como o envolvimento extraconjugal com a modelo Carol Francischini afetou seu relacionamento com a atriz Giovanna Ewbank. Os dois chegaram a ficar um período separados, em 2012, mas o amor falou mais alto. Na época, o ator foi apontado como possível pai de Valentina, filha da modelo.

Publicidade

— Só fortaleceu a relação que tenho hoje com a minha mulher, que é mais sincera e real. Se a gente passou por tudo junto, nada superficial vai nos abalar. A gente acredita um no outro, se admira, e sabe que amadureceu com tudo o que viveu.

A declaração foi dada às revistas Trip e TPM que, em junho, em um ensaio para lá de quente. Bruno também foi só elogios à mulher.

— Ela ri muito alto, em qualquer situação. E fala alto também, toda hora chamo a atenção dela. A Giovanna é muito espontânea, não tem filtro, isso me atrai. Ela fala tudo na hora, é autêntica, íntegra, uma grande amiga.

Giovanna Ewbank exibiu o corpão no ensaio e também falou sobre as qualidades do marido e a vida de casada.

— É um cara muito sedutor, o papo dele é bom, ele tem opinião para tudo. Isso foi o que me conquistou. Porque na época que o conheci ele estava gordinho, pesava 18 quilos a mais. A gente dá risada o dia inteiro, nosso relacionamento nasceu de uma amizade. Às vezes rola um ciuminho de alguma coisa, mas é difícil. Não gosto de ter DR, acho um saco. Quando alguma coisa incomoda, a gente avisa um ao outro: “Ó, aquilo não achei legal”. Já fui bem ciumenta, era de guardar as coisas, mas hoje eu falo

Bruno contou às publicações que só não ficou 100% pelado no ensaio, pois Giovanna não deixou.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar