Mulher pula de carro em movimento, após tentativa de estupro. — Foto: Luiz Paulo

Três estudantes atacaram outro estudante por conta de um telefone celular logo após saírem da escola na terça-feira (12). A vítima foi esfaqueada no antebraço com uma garrafa quebrada. Isso aconteceu na casa do Dr. Rua Sophie Redmon, no Suriname.

Shiffaro W., de 17 anos, foi para a cidade depois da escola com seus amigos Rafael H. (19) e Karan M., de 18 anos. Em um ponto, Shiffaro não conseguiu encontrar seu celular. Ele procurou na área imediata, mas não conseguiu encontrar o dispositivo em nenhum lugar.

Publicidade

Dois dos meninos, também estudantes, disseram à polícia que estavam parados nas proximidades, um dos quais fugiu de repente quando viu Shiffaro procurando por ele. A vítima posterior foi deixada para trás e foi atacada pelo trio, pois suspeitavam que ele tivesse algo a ver com o desaparecimento do telefone.

Durante a briga, Karan se armou com uma garrafa quebrada e esfaqueou a vítima no antebraço com ela. A polícia de New Haven foi chamada por transeuntes que foram ao local para uma investigação. Os suspeitos foram presos pela polícia e levados para a delegacia. Após coordenação com o Ministério Público do Suriname, eles foram presos. A investigação continua.

Comentar

Comentar