cof

Muitos brasileiros procuraram a sede do Centro Cultural Brasil-Suriname para votar no primeiro turno das eleições 2018 no domingo, 7 de outubro.

A equipe do jornal LPM NEWS esteve na sede do CCBS por volta das 10h da manhã de domingo, quando já era grande a movimentação de eleitores no local.

A Embaixada do Brasil em Paramaribo, contou com o auxílio de funcionários da própria embaixada, do CCBS, do Conselho de Cidadãos Brasileiros no Suriname e de voluntários que trabalharam na organização do primeiro turno das eleições 2018 no Suriname.

Os eleitores estavam sendo recepcionados e orientados pelo embaixador Laudemar Aguiar, pelo ministro Carlos Garcete e também pelo novo conselheiro da embaixada, Gustavo Pereira, no espaço designado para recepção dos eleitores. As imagens registradas na manhã de domingo mostraram que o primeiro turno das eleições decorreu com tranquilidade durante o período da manhã na sede do Centro Cultural Brasil-Suriname (CCBS), situado na Hermand D. Benjaminstraat #29, em Paramaribo.

Observou-se também que a embaixada colocou a disposição dos eleitores, os títulos cujos os titulares solicitaram a transferência para o Suriname, mas ainda não haviam comparecido ao Setor Consular para efetuar a retirada, possibilitando assim, que aqueles eleitores que estivessem com o título a receber, participassem da votação no primeiro turno das eleições para presidente e vice-presidente do Brasil.

“De um total de 1.870 eleitores habilitados a votar no Suriname, apenas 559 compareceram as urnas, mas fiquei feliz pelo fato de tudo ter decorrido com muita tranquilidade no primeiro turno das eleições 2018”, disse o embaixador Laudemar Aguiar ao jornal LPM NEWS.

De acordo com o embaixador, mesmo quem não voltou no primeiro turno no dia 7 de outubro, poderá votar no segundo turno das eleições, que ocorrerá no dia 28 de outubro. (Ouça o áudio).

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar