Daniel J., 39 anos, teve a prisão preventiva decretada.

Homens da Equipe de Assistência Regional Leste (RBT-Oost) e do Exército Nacional conseguiram prender um brasileiro acusado de participar de uma quadrilha que matou um soldado na área de Anapaike, no ano passado.

O acusado foi identificado como Daniel, de 39 anos. O Ministério Público determinou a prisão preventiva até o encerramento das investigações e repassou o caso para o Departamento de Crimes da Capital.

Publicidade

Foto: Arquivo LPM

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar