Armamento seria usado por organizações criminosas na região de Lawa e Mama Ndjuka.

Uma brasileira foi presa pela equipe de detenção (AT) ao tentar enviar munições e armas de grosso calibre. A prisão foi registrada no Suriname, na primeira semana de janeiro deste ano. A acusada já foi transferida para o Departamento de Investigação Criminal para andamento ao processo.

PUBLICIDADE

A polícia suspeita que o material seria utilizado por organizações criminosas que atuam na região de Lawa e Mama Ndjuka. Um motorista de táxi também foi preso neste caso, porém, após nova diligência do Ministério Público, o suspeito acabou liberado preventivamente.

Foto: Arquivo LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui