Laudemar Aguiar também relembra parceria entre os dois países.

PUBLICIDADE

Durante as comemorações da Independência do Brasil na última sexta-feira, dia 6, o embaixador do país no Suriname, Laudemar Aguiar, destacou a retomada do crescimento econômico, sob o comando de Jair Bolsonaro, após anos consecutivos de recessão. O evento aconteceu no salão do Hotel Torarica, em Paramaribo.

Aguiar também enfatizou a reforma da previdência, a qual ele classificou como “abrangente”, e se lembrou da aprovação na Câmara dos Deputados. “Será, em breve, aprovada pelo Senado”, acredita. Para ele, uma “nova legislação para fortalecer a luta contra a corrupção e uma grande reforma fiscal também estão em pauta”.

Ainda de acordo com Laudemar, o Brasil vem praticando uma política sólida e alcançou a menor taxa de juros em sua história, no último mês de agosto. “A inflação anual também atingiu seu nível mais baixo nas últimas duas décadas e as taxas de desemprego estão caindo”, completou.

“Essa nova agenda permitirá mais investimentos públicos e privados e maior crescimento econômico nos próximos anos, visando reduzir as desigualdades sociais e buscar o desenvolvimento sustentável do Brasil”, seguiu pontuando Laudemar em seu discurso no Torarica.

Acordo bilateral

Desde o ano passado, o Suriname se tornou o país com mais acordos com o Brasil, incluindo projetos de cooperação técnica. Vários estão sendo implantados por especialistas dos dois países. “Nos 36 anos tradicionais de excelente cooperação em defesa, o Departamento de Adido Militar e as equipes militares brasileiras continuam trabalhando com o Ministério da Defesa. Atualmente, eles estão trabalhando juntos no estabelecimento de um Instituto Militar no Suriname”, concluiu.

Deixe seu comentário abaixo.

Foto: Arquivo