— Foto: Luiz Paulo

As aulas escolares no Suriname pode ser reiniciadas no começo de junho, informou nesta segunda-feira, dia 11, o presidente Desiré Bouterse. Segundo o chefe de estado, o Ministério da Educação, Ciência e Cultura acompanha o trabalho de combate a Covid-19 no país para poder oficializar o recomeço.

As medidas restritivas ao vírus foram adotadas pelo governo desde o dia seguinte a primeira confirmação. Todos os passageiros do exterior, por exemplo, são colocados em quarentena com monitoramento das autoridades de saúde do Suriname. Bouterse também adianta que está concluindo um plano de recuperação da economia.

Publicidade

“O governo também está preparando um plano de ponte econômica e apoio social para lidar com problemas econômicos e sociais decorrentes do Covid-19. O pacote já foi desenvolvido por um período de 6 meses. É o período em que se espera que o impacto seja o mais difícil”, disse.

O governo reservou SRD 400 milhões. Isso permitirá que o governo financie o pacote de medidas de apoio. “Diz respeito ao apoio à população do Suriname; o trabalhador, o prestador de serviços e o empresário que está enfrentando dificuldades financeiras como resultado da crise do Covid-19”, concluiu.

Foto: Arquivo LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar