Para tentar conter a disseminação da Covid-19 no Suriname, Desiré Delano Bouterse, presidente do país, anunciou nos meios de comunicação nesta sexta-feira, dia 27, que vai adotar pelas próximas duas semanas, a partir do próximo domingo (29), o toque de recolher entre 20h e 06h. Com isso, não serão permitidas pessoas nas ruas, com exceção de casos emergenciais.

“Por meio deste documento, abrimos uma exceção para as pessoas com cuidado, segurança e tráfego de destino essencial para o benefício do trabalho. Portanto, fique em casa”, anunciou o chefe de estado. O decreto também proíbe reuniões com mais de dez pessoas mesmo que em residências. O Parlamento, o governo e os serviços essenciais estão isentos.

Todos os estabelecimentos de apostas, o que inclui os cassinos, serão fechados até segunda ordem a partir deste sábado, 10h. “Se acharmos que a sociedade não adere a isso, seremos, no interesse de todos nós, forçados a tomar medidas mais rígidas”, alerta Bouterse. “Vimos as imagens de outros países. Muito dramáticas. E devemos estar cientes de que não permitiremos que esse vírus atinja nossos vulneráveis”, disse.

Foto: NII

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar