Sigmund Proeve foi “aprovado” inclusive pelas demais instituições bancárias.

Conforme prometido pelo governo federal, o novo gestor do Banco Central do Suriname (CBvS) foi anunciado neste domingo, dia 09. Sigmund Proeve foi nomeado pelo presidente Desiré Bouterse e comandará a instituição, a priori, pelos próximos seis meses. Ele substituirá Robert van Trikt, alvo de investigação por desvio e aplicação indevida de recursos.

PUBLICIDADE

Embora de competência do gabinete presidencial, o novo gestor teve o nome “aprovado” por instituições bancárias do país, incluindo a associação da categoria. O governo pretende minimizar os impactos negativos gerados a partir das denúncias envolvendo van Trikt e fala em transparência e cumprimento da legislação vigente no Suriname como prerrogativa básica.

“O governo considera necessário nomear um governador, uma vez que não é aconselhável manter essa posição por muito tempo sem ninguém. O novo governador deve, entre outras coisas, acalmar o nível monetário e financeiro do nosso país”, reiterou o presidente do Suriname, Desiré Bouterse, durante seu pronunciamento.

Foto: Arquivo LPM News

Deixe seu comentário abaixo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui