Um bebê de 18 meses morreu em um carro quente após sua mãe esquece-la no veículo e sair para trabalhar durante todo o dia.

Reagan Buckley passou mais de oito horas presa no interior do veículo em temperaturas de até 55º C.

Publicidade

Sua mãe, Jamie Buckley, da Cidade do Panamá, na Flórida, EUA, tinha estacionado seu carro às 7:30 horas (horário local) do lado de fora de onde trabalha.

Ao perceber que a criança estava no carro, no final do dia, os paramédicos foram acionados e tentaram reanimar Reagan, mas a criança já estava morta.

As temperaturas no local naquele dia atingiram 28º C, mas estudos mostram que dentro de um carro elas poderiam subir mais de duas vezes o número externo, chegando a cerca de 55º C.

Uma investigação foi lançada para analisar o caso. Nenhuma prisão ainda foi feita.

No Facebook Janice McKinney escreveu: “Eu tenho a sorte de conhecer esta mãe. Ela nunca faria isso intencionalmente.”

Pelo menos 30 crianças morreram em carros fechados sob temperaturas elevadas nos Estados Unidos no ano passado.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: R7

Comentar

Comentar