De acordo com informações divulgadas no site da polícia, a criança foi abandonada para morrer dentro de um balde envolto em uma bolsa plástica.

O relatório da polícia informa que a criança só foi encontrada com vida porque os moradores ouviram o choro do bebê e decidiram investigar.

Publicidade

A criança que foi vítima da crueldade de uma mãe desalmada, foi encontrada em um endereço na Rumulusweg no resort do Kwatta na segunda-feira, 8 de janeiro. Os moradores locais começaram a ouvir um som estranho parecido com o choro de criança no domingo e na segunda-feira decidiram investigar de onde estava vindo o barulho estranho que estava incomodando os moradores da área. Para espanto e revolta dos moradores,  um bebê do sexo masculino de apenas cinco dias de vida foi abandonado para morrer dentro de um balde envolto em bolsa plástica.

Ao perceberem que o recém-nascido ainda estava com vida, os moradores retiraram o bebê da bolsa plastica e chamaram a polícia que encaminhou a criança para o Departamento de Emergência do Hospital Acadêmico Paramaribo.

A polícia agora está em busca de informações que identifiquem a mãe do bebê e solicita a ajuda da comunidade para dar informações sobre as mulheres que estavam grávidas na área até o início do mês de janeiro. Informações podem ser passadas para a polícia através do telefone 436132 / 115 ou na delegacia mais próxima de sua casa.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar