Centrale Bank van Suriname — Foto: Luiz Paulo

Após consulta aos conselhos de administração, o Banco Central do Suriname (CBvS) reajustou a política monetária e o percentual de reserva de caixa de SRD, de 35 para 39%, a partir desta quarta-feira, dia 30. Uma das razões para justificar a alteração foi a pandemia da Covid-19.

“No contexto da política monetária, portanto, é necessário vinculá-la demais à liquidez. O aperto da liquidez reduzirá a demanda doméstica, o que terá um impacto positivo sobre a inflação doméstica e as taxas de câmbio. O CBvS não realizou aperto monetário anteriormente por causa da Covid-19 em particular”, disse, em comunicado.

Publicidade

“Decidiu-se, portanto, preservar ao máximo a atividade econômica e os empregos. Desde 10 de agosto de 2020, o CBvS criou um mecanismo para empréstimos a empresas afetadas pela Covid-19, em consulta com os bancos locais. Esta facilidade permanecerá em vigor por enquanto”, concluiu, a nota.

Comentar

Comentar