spot_img
spot_img

Avião militar cai perto de Sevilha e deixa ao menos quatro mortos

Atualizado há

Aeronave de carga fazia voo teste. Projeto do Airbus A400M demorou anos e envolveu sete países.

Pelo menos quatro pessoas morreram neste sábado na queda de um avião militar perto do aeroporto de Sevilla, na Espanha. No total, havia seis pessas a bordo – duas estão feridas com gravidade, com politraumatismos e queimaduras de segundo e terceiro grau, informou o jornal El País.

A aeronave militar de carga, um Airbus A400M, fazia um voo de teste quando o acidente ocorreu. Pouco depois de o piloto avisar a torre de comando sobre problemas no voo, o avião se chocou com uma torre de alta voltagem. As imagens do local da queda mostram uma coluna de fumaça preta. Uma testemunha disse ao jornal espanhol que “quase todo o avião foi transformado em cinzas”.

O A400M tem hélices de mais de cinco metros de diâmetro e é montado na sede da Airbus Military, em Sevilha. A produção industrial do modelo teve início em 2011, depois de vários atrasos. O projeto de desenvolvimento da aeronave envolve sete países – Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Grã-Bretanha, Luxemburgo e Turquia – que se comprometeram a comprar 180 unidades. O modelo que sofreu o acidente ainda não havia sido entregue ao comprador, a Turquia, e era propriedade do fabricante europeu.

Esta foi a segunda queda de um avião militar na Espanha este ano. Um caça F-16 da Força Aérea grega que participava de um treinamento de pilotos da Otan em uma base aérea no sudeste da Espanha caiu em janeiro, matando onze soldados, sendo dois gregos e nove franceses.

Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: Veja

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App