Voo fretado pelo governo brasileiro trouxe ao Brasil, na noite desta quarta-feira (22), 368 brasileiros que estavam no continente asiático.A aeronave que trouxe os 368 brasileiros para o território nacional pousou no aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, por volta das 19 horas desta quarta-feira (22), de acordo com a GRU Airport.

O Ministério das Relações Exteriores, por meio do Itamaraty, conseguiu negociar dois aviões que resgataram 136 brasileiros na Indonésia, 45 no Vietnã e outros 187 na Tailândia.

Publicidade

Logo mais, às 20h10 desta quarta-feira (22), está previsto o pouso de outro voo fretado pelo Itamaraty, que resgatou brasileiros que estavam em Portugal.

A pasta informou ainda que desde que a pandemia de coronavírus limitou drasticamente os voos internacionais, cerca de 3.500 brasileiros já foram repatriados em 14 voos fretados e outros 2.400 brasileiros em 30 ônibus fretados.

No total, mais de 15 mil cidadãos voltaram ao Brasil com o apoio das embaixadas e consulados.

Após cerimônia que marca o fim da quarentena dos 58 brasileiros que estavam em confinamento desde o dia 9 de fevereiro após serem resgatados em Wuhan, na China, epicentro dos casos de coronavírus no país asiático, repatriados e militares embarcaram para os seus estados após 14 dias em Anápolis, Goiás.

Estavam presentes, além dos repatriados, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do Ar Antônio Carlos Moretti Bermúdez, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, o prefeito de Anápolis, Roberto Naves, e representantes do Ministério da Saúde, Anvisa e secretaria de Saúde do Governo de Goiás.

Dois berços, que foram utilizados no confinamento, foram colocados no hangar com os nomes das crianças que os usaram nos 14 dias e as placas foram entregues às duas mães dos dois bebês, Isabela e Mateus. O momento de entrega foi de bastante emoção.

Os repatriados chegaram ao hangar onde é realizada a cerimônia bastante sorridentes e estão emocionados assistindo a um vídeo sobre a operação de resgate e seu planejamento. O vídeo destacou imagens do presidente Jair Bolsonaro e do governador Caiado. Além disso mostrou imagens do alojamento onde os brasileiros ficaram nesses últimos 14 dias e reproduziu o áudio do presidente Bolsonaro que foi transmitido no avião quando os repatriados entraram no espaço aéreo brasileiro. Há imagens ainda do tempo de quarentena e das atividades que foram feitas pelos brasileiros.

Os militares que participaram da operação, que também ficaram em quarentena, também estão bastante emocionados.

Duas crianças do grupo de repatriados entregaram ao ministro da Defesa dois quadros com a bandeira do Brasil, com a assinatura dos brasileiros resgatados. Azevedo disse que o presente será entregue ao presidente Bolsonaro.”É um alívio que todos os exames deram negativo para a doença (coronavírus). Que Deus os acompanhe e bom retorno”, disse o ministro na cerimônia aos repatriados.

Ao final do evento, duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) levarão os brasileiros para os Estados de origem. Um deles fará o roteiro Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. Um segundo seguirá para Brasília e de lá um outro voo da FAB irá para a Serra do Cachimbo, no Pará, com um passageiro. Outros dois passageiros que desembarcarão em Brasília seguirão em voos comerciais para o Rio Grande do Norte e Maranhão.

Fonte: R7

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar