spot_img
spot_img

Associação de empresas de Táxis do Suriname (Vetahos) querem uma Lei para regulamentar este serviço

Atualizado há

Após a chegada da primeira empresa de táxi no Suriname, em março de 2014, três novas empresas entraram no mercado.

De acordo com o presidente da Associação de empresas de táxi no Suriname (Vetahos Vereniging van Taxihouders in Suriname), Glenn Ramadhin, uma empresa de táxi deve ser mais do que um número de venda somente.

Ramadhin afirmou ainda que os proprietários de táxis também precisam trabalhar para oferecer um serviço de qualidade para os seus clientes. Isto  inclui o treinamento dos motoristas de táxi para o foco no cliente para garantir um serviço seguro e eficiente. Ramadhin disse, que o surgimento de mais empresas de táxi no Suriname é uma coisa boa.

De acordo com o presidente da (Vetahos), este novo planejamento pode proporcionar desenvolvimento neste serviço, no entanto, precisa existir uma lei que regulamente este serviço.

Na ausência de regulamentação, cada um visa somente o lucro. Com a chegada de uma Lei para Taxi, alguns requisitos devem ser obrigatórios e todos terão que cumprir as regras estabelecidas. A (Vetahos) já teve um encontro com o ex-ministro da Comunicação Transportes e do Turismo (TCT Ministerie van Transport Communicatie en Toerisme) para que uma Lei seja criada para este setor. “Na verdade, os regulamentos já existem, mas ainda tem que chegar até o Parlamento”, disse Ramadhin.

Deixe seu comentário abaixo.

Comentar

Comentar

spot_img
spot_img
spot_img

Mais do LPM

spot_img
Custom App
Phone
Messenger
Email
WhatsApp
Messenger
WhatsApp
Phone
Email
Custom App